DIZER NÃO

pode ser difícil, em alguns momentos. Escutar, compreender, filtrar o que se ouve é muito importante. Ainda assim, é preciso não ceder às próprias opiniões e princípios. Estava relembrando situações em que disse não, quando li um texto de Eliane Brum que levanta essa discussão. Ela coloca o não como um elemento importante no caso da cesárea forçada … Continue lendo DIZER NÃO

SHANTALA, DE FRÉDÉRICK LEBOYER

é um dos livros que mais me fizeram chorar. Lembro que li na cama, deitada, numa tarde de sol. Talvez fosse sábado. Devia estar no quinto mês de gestação. Emocionei-me além do que esperava. Isso porque Leboyer -- renomado obstetra francês, que mudou a percepção do parto, junto a Michel Odent e outros -- não … Continue lendo SHANTALA, DE FRÉDÉRICK LEBOYER

ESSA É A HOLGA

modelo CFN120, fabricada na China, a princípio destinada aos próprios chineses, a um baixíssimo custo. É médio formato, ou seja, destinada a filmes 120 (e não 35mm, como é o caso das câmeras mais populares). Hoje em dia ela é propriedade da Lomography, grupo austríaco que popularizou a câmera Lomo, fabricada na antiga URSS. Com … Continue lendo ESSA É A HOLGA

APRENDER UMA LÍNGUA ESTRANGEIRA É

-- não saber dizer coisas elementares quando mais se precisa. -- fazer uma criança perder a paciência tentando explicar algo de que você não tem a mínima ideia. ela fica emburrada e desiste de falar com você. -- lembrar-se de uma palavra ou frase muito tempo depois do momento em que ela era fundamental. e … Continue lendo APRENDER UMA LÍNGUA ESTRANGEIRA É

O COMECINHO DA GRAVIDEZ

é aquele momento incerto: estou grávida? sim, não? é agora? será mesmo? Não tivemos pressa em fazer um teste. Sempre tive ciclo irregular. Meses antes, um ginecologista havia dito que, por conta disso, eu teria dificuldades em engravidar. Decidi não me preocupar com isso e deixei a natureza agir. Se fosse o caso, se não engravidasse, … Continue lendo O COMECINHO DA GRAVIDEZ

10 DE ABRIL: SEIS SEMANAS

sem comer alguns alimentos que até então eram bem presentes no meu cotidiano: açúcar refinado, mel, farinha de trigo (o que inclui massas, pães, biscoitos, até mesmo integrais, gérmen de trigo), aveia, leite de vaca e derivados. Se a lista já parece bem grande, acrescento: atum, camarão, lagosta e frutos do mar. Faz uns anos … Continue lendo 10 DE ABRIL: SEIS SEMANAS

UMA COLCHA LISTRADA

foi meu segundo grande projeto de crochê. Tem uma estrutura parecida com a colcha de quadradinhos, os granny squares. Juntei lãs verde, amarelo e marrom (três novelos cada) e cinco novelos brancos. O branco, como na outra colcha, serviu como borda e arremate. Segui esse diagrama aqui. Mas fiz uma combinação de cores minha -- na foto, … Continue lendo UMA COLCHA LISTRADA

VOCÊ QUER UM PARTO NORMAL?

deparei-me com essa pergunta logo no começo da gravidez. Minha resposta: quero. Já no relato de parto, falei de um texto da Ana Cristina Duarte, que colocava a maior dificuldade: a cultura da cesárea, predominante no sistema privado de saúde. Para quem se interessa pelo tema, recomendo ler todas as suas notas, publicadas no facebook. … Continue lendo VOCÊ QUER UM PARTO NORMAL?

UMA COLCHA DE QUADRADINHOS

foi um dos meus projetos no ano passado. Tinha retomado o tricô e o crochê logo que terminei o mestrado. Aproveitava qualquer tempinho livre. Procurei ajuda com uma amiga para relembrar coisas simples, alguns pontos. Pesquisando na internet, deparei-me com o nome em inglês dos quadradinhos que tanto aprecio: granny square. A partir daí foi … Continue lendo UMA COLCHA DE QUADRADINHOS