SER (MAIS) FEMININA

é o assunto desse post, escrito um ano atrás. Lembro bem que publiquei no mesmo dia em que a Dilma foi reeleita -- e por conseguinte choveram comentários maldosos a respeito de sua aparência, como se isso bastasse como crítica para seu trabalho no governo do país. Mas essa seria uma outra história... A pessoa … Continue lendo SER (MAIS) FEMININA

NÃO USAR DESODORANTE

parece algo impensável -- como assim? Controlar a transpiração e o odor de suor seriam coisas imprescindíveis para a vida em sociedade. A higiene é prioritária: tomar banho, lavar os cabelos, estar limpo. É engraçado como nossa cultura brasileira ressalta muito bem isso. E mesmo o confronto com os hábitos europeus dá o que falar. … Continue lendo NÃO USAR DESODORANTE

AS UNHAS DAS MÃOS

normalmente são assim, cortadas bastante rente. Durante muito tempo, considerava que tinha unhas fracas. Elas não cresciam o bastante. Quando estavam já um pouco longas, quebravam. Eram muito finas, assim como as cutículas. Por isso, sempre nutri aversão por manicures. Com uns quinze anos, fiz mãos e pés num salão de beleza. Saí de lá … Continue lendo AS UNHAS DAS MÃOS

UM RELATO SOBRE ALIMENTAÇÃO

ficou na pasta dos rascunhos durante uns seis meses; eu pensava em enviar para um outro blog, sobre alimentação para crianças, mas acabei decidindo por publicar aqui mesmo, já que venho falando sobre o assunto em vários outros posts (como esse aqui) -- por isso, aí vai. não tenho na memória muitos momentos sobre ter … Continue lendo UM RELATO SOBRE ALIMENTAÇÃO

MEDO DE INSETOS

seja de abelhas, pernilongos, baratas -- nós, pessoas, seres humanos, grandes e desenvolvidos, sentimos a ameaça desses animais tão pequenos, mas complexos e cheios de poderes que não temos: voam, sobem paredes, carregam muito peso, trabalham organizadamente em grupo. Eles nos picam, nos machucam, sugam o sangue, incomodam o sono, destroem plantas. Esses dias tive … Continue lendo MEDO DE INSETOS

O POTINHO DE CÚRCUMA

já está no armário do banheiro faz um ano. Comprei depois de ler um texto da Sonia Hirsch, comentando sobre os benefícios para a limpeza dos dentes. Vez ou outra uso. Sinceramente, não consegui que se tornasse um hábito. É realmente difícil mudar um costume tão forte quanto a escovação com pasta de dente. Assim … Continue lendo O POTINHO DE CÚRCUMA

A LUA

é nosso satélite natural -- isso a gente aprende na escola. No dia a dia, a gente vai acompanhando pelo céu suas mudanças de fase: cheia, minguante, nova, crescente. As marés, todo mundo sabe, sofrem influência do magnetismo lunar. Não sei bem quando ou como ouvi falar que havia fases da lua mais propícias para … Continue lendo A LUA

EU FALAVA DE FOME

num post de 20 de agosto de 2008, no colher: ESTOU COM FOME mas como muitas vezes ultimamente, tenho achado comer uma tarefa, uma obrigação. É o que diz na Bíblia: comerás o pão com o suor do teu rosto. Ai. Não... Realmente há coisas muito legais de se comer, falafel, salmão, sorvete, leite de … Continue lendo EU FALAVA DE FOME

EU USAVA ÓCULOS

há um bom tempo. Por volta dos 10 anos de idade fui ao oftalmo e ele receitou óculos pra usar na escola, ler, ver filme. Escolhi uma armação tipo tartaruga. Depois larguei, fiquei um tempo sem usar até sentir falta deles, lá pelos 17 anos. Meu caso era astigmatismo e miopia -- fraquinhas as lentes. … Continue lendo EU USAVA ÓCULOS

UMA LISTA DE DESEJOS PARA 2015

era a ideia para o primeiro post do ano. Depois de ter relembrado o fim do ano retrasado e passado em revista 2014, parecia interessante lançar o olhar para frente e traçar planos e projetinhos para o futuro. Eu já tinha começado a fazer um rascunho, criado o post no blog… mas eis que a leitura de … Continue lendo UMA LISTA DE DESEJOS PARA 2015