QUAL A MÚSICA DA SUA VIDA?

essa foi a pergunta que o Marcello me fez, não sei bem como. Deve ter sido por email. A gente se conheceu rapidamente em Curitiba, num festival de música, em 2002. Não mantivemos tanto contato, a não ser por blog, ainda assim por pouco tempo. Ele era mais próximo a outros amigos. Penso que ele … Continue lendo QUAL A MÚSICA DA SUA VIDA?

OUVIR MÚSICA COM O FRANCISCO

é uma das coisas mais divertidas -- não somente ouvir como cantar e inventar juntos letras e ritmos. Muita gente, já na gravidez, estimula a audição do bebê dentro da barriga. Meu caso não foi diferente. A gente tocava musiquinhas calmas na hora de dormir. Durante o dia, escolhia algum cd interessante, para eu cantar … Continue lendo OUVIR MÚSICA COM O FRANCISCO

“SEMPRE PRECISEI DE UM POUCO DE ATENÇÃO”

é a primeira frase de "Teatro dos vampiros", música do Legião urbana. Criança entre os anos 80 e 90, escutava muito no rádio os sucessos da banda. Sem me considerar uma fã deles, conheço a letra de muitas das canções -- dentre tantas,  essa é uma das mais marcantes. "Dezesseis" apareceu num sonho e o … Continue lendo “SEMPRE PRECISEI DE UM POUCO DE ATENÇÃO”

A PERSONAGEM DO SONHO

subiu no ônibus; era uma cantora francesa em São Paulo. Começou a cantar "dezesseis" do Legião Urbana e os passageiros começaram a acompanhá-la. Uma outra moça puxa conversa, elas ficam falando muito sobre música. As duas combinam de participar de uma manifestação na avenida Paulista, a favor dos artistas de rua. A francesa vai de … Continue lendo A PERSONAGEM DO SONHO

COISAS PEQUENAS

que vão aparecendo aqui e ali, sem ligação entre si e com mais nada além delas próprias: depois do sonho que tive na Polônia, achei uma cantora polonesa gracinha; semana passada experimentei de novo duas coisas que não gosto: quindim e água com gás; estavam ali à minha frente, me ofereceram, não me pareceram tão … Continue lendo COISAS PEQUENAS

ACORDEI DE UM PESADELO

com uma música na cabeça: "quando me vi tendo de viver comigo apenas e com o mundo...". Continuei a cantar na cabeça, seguindo a letra, aí cheguei numa parte assim: "voltamos a viver como há dez anos atrás e a cada hora que passa envelhecemos dez semanas". Essa imagem era a que eu mais gostava … Continue lendo ACORDEI DE UM PESADELO