EU FALAVA DE FOME

num post de 20 de agosto de 2008, no colher: ESTOU COM FOME mas como muitas vezes ultimamente, tenho achado comer uma tarefa, uma obrigação. É o que diz na Bíblia: comerás o pão com o suor do teu rosto. Ai. Não... Realmente há coisas muito legais de se comer, falafel, salmão, sorvete, leite de … Continue lendo EU FALAVA DE FOME

O PARTO É MEU

-- foi mais ou menos com essa ideia em mente que fui me preparando durante a gravidez. O nascimento dx bebê seria uma experiência única. Mesmo mães que passam por várias gestações dizem que cada um desses momentos são diferentes um do outro. Sentimentos, dor, medo: são todas coisas muito pessoais. Por isso quase sempre … Continue lendo O PARTO É MEU

OS ÚLTIMOS MESES DE GESTAÇÃO

foram tranquilos. A barriga foi aumentando de tamanho, pontuda. Por isso muitos dos palpites que circulavam entre nós era de que ali dentro tinha um menino. Além disso, as pessoas começaram a perguntar: -- E aí, quando nasce? Reagia com muita calma. Há aquela pressão das 40 semanas, que não passam de uma estimativa para … Continue lendo OS ÚLTIMOS MESES DE GESTAÇÃO

O SEGUNDO TRIMESTRE DE GESTAÇÃO

é conhecido como a "lua-de-mel". No meu caso, foi assim. Depois de passado o período inicial de muito cansaço e enjoo, tudo se renovou! Tinha energia para pesquisar, ler muito, caminhar. A barriga demorou pra crescer, foi aparecendo aos poucos. Precisei novamente comprar sutiãs e umas poucas peças de roupa. A seção de gestantes das … Continue lendo O SEGUNDO TRIMESTRE DE GESTAÇÃO

PARTO ATIVO, DE JANET BALASKAS

foi uma leitura muito importante durante a minha gestação. Ajudou a entender o mecanismo do parto, a estrutura do corpo feminino e os movimentos que eu poderia praticar como preparação para a passagem do bebê. Balaskas parte de uma premissa muito simples: a mulher, durante o trabalho de parto, deve sentir-se livre, movimentar o corpo … Continue lendo PARTO ATIVO, DE JANET BALASKAS

OS PRIMEIROS TRÊS MESES GRÁVIDA

eu passei cansada, dormindo e com enjoo -- pouco além disso! O cansaço era tanto que não conseguia caminhar até a esquina. Algo muito forte! Larguei um freela, deixei de lado uma aulas que estava fazendo, ficava em casa o tempo todo. Vi alguns filmes, mas a atividade principal era dormir. Tinha uns sonhos bem … Continue lendo OS PRIMEIROS TRÊS MESES GRÁVIDA

DIZER NÃO

pode ser difícil, em alguns momentos. Escutar, compreender, filtrar o que se ouve é muito importante. Ainda assim, é preciso não ceder às próprias opiniões e princípios. Estava relembrando situações em que disse não, quando li um texto de Eliane Brum que levanta essa discussão. Ela coloca o não como um elemento importante no caso da cesárea forçada … Continue lendo DIZER NÃO

SHANTALA, DE FRÉDÉRICK LEBOYER

é um dos livros que mais me fizeram chorar. Lembro que li na cama, deitada, numa tarde de sol. Talvez fosse sábado. Devia estar no quinto mês de gestação. Emocionei-me além do que esperava. Isso porque Leboyer -- renomado obstetra francês, que mudou a percepção do parto, junto a Michel Odent e outros -- não … Continue lendo SHANTALA, DE FRÉDÉRICK LEBOYER

O COMECINHO DA GRAVIDEZ

é aquele momento incerto: estou grávida? sim, não? é agora? será mesmo? Não tivemos pressa em fazer um teste. Sempre tive ciclo irregular. Meses antes, um ginecologista havia dito que, por conta disso, eu teria dificuldades em engravidar. Decidi não me preocupar com isso e deixei a natureza agir. Se fosse o caso, se não engravidasse, … Continue lendo O COMECINHO DA GRAVIDEZ

VOCÊ QUER UM PARTO NORMAL?

deparei-me com essa pergunta logo no começo da gravidez. Minha resposta: quero. Já no relato de parto, falei de um texto da Ana Cristina Duarte, que colocava a maior dificuldade: a cultura da cesárea, predominante no sistema privado de saúde. Para quem se interessa pelo tema, recomendo ler todas as suas notas, publicadas no facebook. … Continue lendo VOCÊ QUER UM PARTO NORMAL?