O CÉU SUECO

(em 2012, não só será possível ver a aurora boreal na Suécia, mas como de lá partir numa nave e ver os raios de pertinho; mais infos aqui)

tem aurora boreal. E não só isso:

o céu sueco é como ovonovo: vai e volta ao mesmo lugar. Tanto faz se percorrido de trás pra frente como na ordem em que se lê: é um palíndromo. Como vários outros palíndromos, são bonitinhos. Levantam voo e alcançam sempre outra coisa.

Não sei se já existe, mas ontem depois de comer pizza de alho, chegando em casa, criei esse aqui:

oh! lá, alho!

Talvez menos bonitinho que os outros, mas talvez seja só um começo.